sexta-feira, 2 de setembro de 2011

ASTROLOGIA O ESTUDO DOS CICLOS



Nenhuma superstição é tão comum em todo reino como a que pertence à observância de determinado dias e horas como sendo bons ou maus, auspiciosos ou nefastos, para agir ou impedir a ação porque se supõe que o resultado de tudo o que fazem depende de uma medida de tempo.

Matthew Ricci




Gravura de 1587, mulher dá à luz enquanto astrólogos examinam as constelações e fazem previsões sobre a criança.
Por Randler Michel
Gosto de dizer que a Astrologia é produto de nossa consciência expandida, tal como Tempo e o Espaço. Sabemos que os 12 signos do zodíaco, não existem do ponto de vista físico, ou seja não são reais porém existem como vibrações, campos de energia. Os nomes dos Signos do Zodíaco, são os mesmos das constelações, estrelas que circundam o nosso sistema solar. A palavra Zodíaco quer dizer; círculo de animais. Assim temos a Eclíptica, uma linha imaginária (  produto da consciência humana, tal como a linha meridiano de Tordesilhas, a linhas de latitude e longitude que servem para guiar e localizarmos no tempo e no espaço). A Eclíptica é uma linha imaginária desenhada pela órbita da Terra contra o fundo de estrelas. Trata-se da órbita da Terra vista pelo Sol. Facilitando a compreensão é considerada a órbita do sol ao redor da Terra. ( a via solis a trajetória do sol ).
Tempo e Espaço também não são realidades materiais são produtos da consciência humana. Em outras palavras estamos aqui na Terra para evoluímos e esse processo se dá através da expansão de nossa consciência. Imaginem o que seria da nossa vida se não dispuséssemos de nenhum sistema para medir o tempo, o espaço? Ficaríamos incapazes de organizar os nossos dias e mantermos a nossa relação com os demais. Assim também se dá a nossa localização temporal na Terra através da latitude e da longitude.
Voltando na astrologia com toda a sua complexidade de entendimento, nos permite entender determinados ciclos para nossa vida e a compreensão de nos mesmos diante das mudanças. Astrologia é análise do tempo, para determinado acontecimentos que são comuns a todas as pessoas.
Não vemos o tempo, mas sentimos o tempo passar, não vemos a linha do Equador e do Meridiano de Greenwich e utilizamos para definir as coordenadas geográficas de latitude e longitude.  A astrologia, com sua ferramenta o Mapa natal permite-nos o estudo dos nosso ciclos auspiciosos ou não, além de favorecer o auto conhecimento dos nossos potenciais. E para tal processo não é necessário que os signos sejam constelações concretas. Gosto de estudar a Astrologia justamente porque ainda é um desafio à nossa compreensão limitada da vida enraizada na física Newtoniana. Como dizia Shakespeare. " Há mais coisas, entre o céu e a Terra, que homem conhece".
É preciso ir além da linha do horizonte e do infinito. 

3 comentários:

Cristiano Melo disse...

Excelente recordação sobre os aspectos ilusórios da Astrologia. Nunca é demais trazer informações sobre o tema. Parabéns pelo trabalho.
abraços

Astrólogo e Terapeuta Randler Michel disse...

Obrigado, afinal vivemos num mundo de ilusões. Nossa consciência em sua expansão Criadora.

Astrólogo e Terapeuta Randler Michel disse...

Obrigado, afinal vivemos num mundo de ilusões. Nossa consciência em sua expansão Criadora.