sexta-feira, 5 de março de 2010

EU DIVINO


Existem três figuras representadas na Imagem, que chamaremos de figura superior, figura do meio e figura inferior. A figura superior é a Presença do EU SOU, o EU SOU O QUE EU SOU, a individualização da presença de Deus para todos os filhos e filhas do Altíssimo.Ricardo Chioro
A Mônada Divina consiste da Presença do EU SOU rodeada pelas esferas (anéis coloridos) de luz que compõem o corpo da Primeira Causa, ou Corpo Causal. Essas esferas são as muitas moradas da casa do Pai, onde estabelecemos para nós "tesouros nos céus". Os nossos tesouros são as nossas palavras e obras dignas do nosso Criador, pensamentos e sentimentos positivos, nossas vitórias para o que é correto e as virtudes que personificamos para a glória de Deus.
Quando exercitamos judiciosamente nosso livre-arbítrio, as energias de Deus que qualificamos com harmonia, elevam-se automaticamente para o nosso Corpo Causal. Essas energias são depositadas nas esferas de luz que correspondem aos sete chakras e aos sete raios coloridos que utilizamos em nossas atividades criativas. Elas são adicionadas à nossa corrente de vida como "talentos", que podemos aumentar se deles fizermos bom uso, vida após vida.
A figura do meio na Imagem é o Mediador entre Deus e o homem, chamado de Santo Cristo Pessoal, o Eu Real, ou a consciência de Cristo. Também é chamado de Corpo Mental Superior ou Consciência Superior. Este Mestre Interior cobre com a sua sombra o eu inferior, que consiste na alma em evolução através dos quatro planos da Matéria, usando os veículos dos quatro corpos inferiores (o corpo etérico, ou da memória, o corpo mental, o corpo emocional, ou dos desejos, e o corpo físico) para equilibrar o carma e cumprir o plano divino.
As três figuras da Imagem correspondem à Trindade do Pai, que sempre inclui a Mãe (figura superior), do Filho (figura do meio) e do Espírito Santo (figura inferior). Este último é o templo destinado ao Espírito Santo, cujo fogo sagrado é representado na chama violeta que o envolve.
A figura inferior corresponde a vocês como discípulos na Senda. Sua alma é o aspecto não-permanente do ser, que se torna permanente através do ritual da ascensão. A ascensão é o processo por meio do qual a alma, após equilibrar seu carma e cumprir seu plano divino, funde-se em primeiro lugar com a consciência de Cristo e, então, coma a Presença viva do EU SOU O QUE EU SOU. Uma vez realizada a ascensão, a alma, o aspecto não-permanente do ser, torna-se no ser Incorruptível, um átomo permanente no Corpo de Deus. A Imagem do Seu Eu Divino é, portanto um diagrama de vocês mesmos - passado, presente, futuro.
A figura inferior representa o filho do homem ou filho da Luz evoluindo debaixo da sua própria "Árvore da Vida". Assim vocês devem visualizar a si mesmos em pé na chama violeta que invocam diariamente em nome da Presença do EU SOU e do seu Santo Cristo Pessoal, a fim de purificar seus quatro corpos inferiores em preparação para o ritual do casamento alquímico - a união da sua alma com o Bem-Amado, seu Santo Cristo Pessoal.
A figura inferior é circundada por um tubo de luz, projetado do coração da Presença do EU SOU em resposta a seu chamado. É um cilindro de luz branca que sustenta um campo de força de proteção 24 horas por dia, enquanto vocês puderem mantê-lo em harmonia. A chama trina da Vida é a centelha divina enviada pela Presença do EU SOU como a dádiva da vida, da consciência e do livre-arbítrio. Ela está selada na câmara secreta do coração para que, através do Amor, da Sabedoria e do Poder da Divindade ali ancorada, a alma possa realizar sua razão de ser no plano físico. Também chamada de chama crística e chama da Liberdade, ou flor-de-lis, é a centelha da Divindade do homem, seu potencial para a crisiticidade.
O cordão de prata (ou cristal) é o fluxo de vida ou "corrente de vida" que desce do coração da Presença do EU SOU para o Santo Cristo Pessoal, a fim de nutrir e sustentar (através dos chakras) a alma e seus veículos de expressão no tempo e no espaço. É por este cordão "umbilical" que a energia da Presença flui, entrando no ser do homem pela coroa e fornecendo ímpeto para a pulsação da chama trina, bem como para os batimentos do coração físico. Quando um ciclo da encarnação da alma na Forma-Matéria é concluído, a Presença do EU SOU retira o cordão de prata retornando a chama trina para o nível do Cristo, e a alma, envolvida na veste etérica, gravita até o nível mais elevado de sua realização, onde ela é instruída entre as encarnações, até sua encarnação final, quando a Grande Lei decreta que ela não voltará mais.
A pomba do Espírito Santo descendo do coração do Pai é mostrada logo acima da cabeça do Cristo. Quando o Filho do homem se torna a consciência de Cristo como fez Jesus, ele se funde com o Santo Cristo Pessoal. O Espírito Santo está sobre ele e as palavras do Pai, a amada Presença do EU SOU, são pronunciadas: "Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo" (Mat. 3: 17).
Existem três figuras representadas na Imagem, que chamaremos de figura superior, figura do meio e figura inferior. A figura superior é a Presença do EU SOU, o EU SOU O QUE EU SOU, a individualização da presença de Deus para todos os filhos e filhas do Altíssimo.

Fonte: http://an.locaweb.com.br/Webindependente/fraternidadebranca/eudivino.htm

Um comentário:

Sane disse...

Adorei! Cada vez melhor! Beijos te amo muito!