terça-feira, 9 de agosto de 2016

Ajuda para ser ajudado!


Recebi este texto e não sei quem é o seu autor, quem souber me envie um e-mail, para colocar os créditos. Estou compartilhando uma vez que, de certo modo a carapuça me caiu sobre medida. Eu estou aprendendo a parar com a mania de querer está sempre ajudando, quem de fato não merece, e não reconhece a ajuda.
“Em um dia de tempestade, um padre estava em sua igreja temendo que tudo fosse alagado. Então, começou a rezar e a pedir: “Deus, por favor, me ajude! Não me deixe morrer se ocorrer uma enchente… O Senhor bem sabe que eu não sei nadar!”.
Um pouco depois, dois homens apareceram num carro e um deles pergunta:

– Padre, quer uma carona? Acho que vai alagar tudo por aqui!
– Não, meu filho, obrigado… Deus vai me salvar! Responde ele.


A chuva começou a aumentar e o padre, confiante, permaneceu no mesmo lugar.
Um pouco mais tarde, quando já estava quase tudo alagado, um homem apareceu com uma lancha, e falou para o padre:

– Padre, vamos sair daqui! Está tudo alagado, e o senhor pode até morrer!
– Não, meu filho, ficarei aqui. Deus vai me salvar – Responde o padre insistentemente.


A chuva não parava. O padre resolveu ir até o telhado da igreja e viu um helicóptero de resgate. O piloto gritou:

– Ei padre, venha rápido! A igreja vai desmoronar com a enchente! Mas o padre, muito confiante, respondeu-lhe:
– Não, ficarei, meu filho. Vá, pois Deus irá me salvar!


A enchente aumentou, a igreja desmoronou e o padre morreu. Quando o padre chegou ao céu, deu de cara com Deus, e Lhe perguntou:
– Meu Senhor, por que não me salvastes?


E Deus respondeu:
– Meu filho, eu tentei! Mandei homens te buscar de carro. Depois, mandei um homem de barco, e por fim, mandei até um helicóptero, e você não quis ser salvo.”

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Mapa Natal: Uma Ferramenta de Auxílio a Evolução


Hoje venho falar um pouco mais sobre astrologia, plano astral e evolução. Muitos astrólogos, inclusive eu, seguem oficio da astrologia- estudo e análise do Mapa Natal acompanhado de algumas teorias ou escolas mais específicas deste conhecimento.  Particularmente eu agrego a teoria da reencarnação, sou da opinião que esses dois assuntos se casam perfeitamente.  " Diz o mestre Saint Germain , a nossa personalidade alma está em constante elo de transformação, aprimoramento moral e espiritual aqui na terra. Portando devemos tomar consciência de nossas escolhas e suas consequências, pois não somos totalmente livres como pensamos."  Façamos a seguinte reflexão :

1º- No plano material, quando estamos diante de processos decisórios, seja qual for, sofremos intervenções das influências cósmicas e espirituais. Ou do plano astral. Cada ação impacta numa reação.
2º- Nosso destino é traçado: Há algumas situações que podem ser transformadas, modificadas, pelo conhecimento tácito, científico, filosófico e outras nem tanto como gostaríamos. Quem nunca foi impelido a fazer algo e depois pensou: - Por que eu fiz isso!
3º -O Mapa Natal, pode sinalizar vocações, profissões, saúde, comportamentos e até frisar os ciclos de nossas escolhas. Deve ser visto como uma ferramenta de auxílio à evolução.

As escolhas...

Somos a energia espiritual de nossas emoções e das experiências das nossas vidas passadas. Portando podemos trazer a este mundo, a este plano, dívidas, merecimentos, aptidões, talentos e outras energias que moldam o nosso caráter, constrói a nossa personalidade-alma.
As nossas escolhas nascem de uma força interior muito forte, os nossos desejos. E os nossos desejos vem do cerne, da nossa essência espiritual. Portanto somos impelidos, por uma força maior, que existe dentro da gente e que sempre nos direciona.

Por exemplo; desde pequena a criança pode sentir atração por uma profissão, ou demonstrar algum talento para arte que até então sua família não o tenha. Dizem os mestres cósmicos que o nosso erro é que não aceitamos que existe um plano divino, arquitetado. Por estarmos em evolução no plano material, no mundo denso, somos resistentes em reconhecer que existem outros planos mais elevados, que existe o plano astral bem como as suas forças cósmicas de atração e repulsão operantes.

O mapa natal deve ser visto como uma ferramenta de grande auxílio, para revelar a construção de um pleno desenvolvimento espiritual e material. Uma vez que nos direciona para escolhas mais pertinentes a nossa verdadeira essência que é espiritual.

terça-feira, 19 de abril de 2016

Mensagem de Superação

No ano de 2007 após longa crise de depressão e medo de viver, fui orientado pelo meu psicanalista na época, a escrever tudo aquilo que eu sentia e o que viesse à minha mente.  Eu não vivia para mim, nunca tinha tempo para o meu laser. Vivia pelo meu trabalho como técnico de enfermagem, no setor bem complexo o Centro de tratamento intensivo adulto de dois hospitais de grande porte em Belo Horizonte, MG. Longe da minha família e de amigos. Todos os dias lidava com os sofrimentos das pessoas, tanto do paciente quanto dos seus familiares.  As pessoas não percebem muito o trabalho nobre da enfermagem; lidamos todos os dias com imensa carga de energia do sofrimento e da dor. E não há como sendo profissional não se envolver emocionalmente com o trabalho.

Eu me envolvia, ficava preocupado se tudo ia dar certo para o paciente que estava sob meus cuidados de enfermagem. Mas vivia muito pelo trabalho, e fui sobrecarregando com muitas coisas e também com a questão de sobreviver na capital, onde os custos não eram barato.  Quando me deparei estava eu envolto de uma tamanha depressão e solidão. No trabalho as pessoas não me perguntavam se eu estava bem, se precisava de alguma ajuda. Por sorte minha, ou talvez por forças da Providência Divina, antes de ingressar na enfermagem, eu tinha trabalhado numa clínica de terapia holísticas no interior, foi quando eu aprendi muitas técnicas de massoterapia, equilíbrio com os florais, os Chacras e o uso da imposição das mãos como forma de curar. Isso era no começo da década de 90, e foi nas terapias holísticas, que tudo começou para mim, e foi sobre a terapia holística que eu comecei a escrever este blogger para me ajudar a enfrentar a depressão. E desde então eu tenho recebido centenas de e-mails de leitores deste meu canal, que contam que eu os ajudei e muito com minhas palavras de conforto, meus textos simples e muitas vezes com erros, pois eu nunca fui bom em dissertação ou escrever de modo geral.

A depressão é uma dor da alma, e que tira completamente as forças e a vontade de viver. E é nessas horas, que precisamos receber toda e qualquer força curativa do universo, seja da medicina,  de amigos, do amor ,  das rezas, das orações, dos passes e das palavras de conforto da Bíblia. Eu não teria vencido se eu não tivesse essa conexão espiritual, essa vontade de religar ao Deus do meu coração e de minha compreensão. Eu não teria vencido, se eu não tivesse cuidado de pacientes, que lutavam no CTI todos os dias para viver.  Pois me ensinaram que a vida é o nosso maior bem. Tudo que ocorre em nossa vida, está conectado com a nossa verdade interior e com a nossa essência.

Por esta razão, por saber que este blogger, e que minhas palavras ajudam as pessoas eu continuo a escrever. Hoje eu sou um homem feliz, mais centrado, e todos dias tento melhorar , tento fazer algo de bom para as pessoas, para os amigos e para suavizar a dor do mundo.

Obrigado a todos os seguidores e leitores deste blogger.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

O fechamento de um ciclo é sempre uma oportunidade de renascimento interior.

Psicóloga Soraya Rodrigues de Aragão

Geralmente nos sentimos propensos ou motivados a realizar mudanças significativas em nossas vidas quando estamos insatisfeitos ou quando as condições em que vivemos não correspondem mais as nossas expectativas.

Não há necessidade de datas para nos renovarmos. Tem certos momentos na vida que por si mesmos são verdadeiros marcadores que sinalizam o fechamento de um ciclo, quer aceitemos ou não.

Muitas vezes, a vida não convida, mas intima a atualizações necessárias para nosso próprio progresso, enviando-nos sinais que muitas vezes recusamos admitir e que tem um propósito maior: passar para uma etapa seguinte. Não estamos atentos a estas leituras ambientais ou simplesmente as ignoramos, pois não nos interessa sair de nossa comodidade, da nossa zona de conforto, mesmo que deteriorada. Estamos ali, agarrados a qualquer custo. “Precisamos nos desvencilhar do que se deteriorou, seguir adiante e confiar na generosidade da vida.”

Quando a vida nos sinaliza que um ciclo está se fechando, aceite o fato e aproveite para renovar suas esperanças, oportunizando-se a gestar novos propósitos e projetos de vida. 

Quando um ciclo se fecha, é porque necessitamos realizar algum aprendizado naquele contexto, para passarmos para a etapa seguinte. Nada é definitivo, muito menos de nossa propriedade. Acreditamos que coisas e pessoas são nossas. Na vida não existem garantias, nem datas de validade.

Que possamos olhar os problemas como desafios, a dor como meio de aprendizado, as mudanças como oportunidade de transformação, a insatisfação como eterna busca. Todo processo pode ser fácil ou difícil, penoso ou desafiador, de possibilidades e aprimoramentos. Depende de como você percebe cada acontecimento. E com o fechamento de ciclos não é diferente, pois ele nos oportuniza uma nova vida.

Bem vindos à renovação.

quarta-feira, 2 de março de 2016

OM MANI PADME HUM


Hoje quero simplesmente compartilhar este mantra transformador.  É preciso que você pare o que estiver fazendo neste exato momento e escute apenas este mantra enquanto deixa a sua mente se expandir. Procure não pensar em mais nada.

O significado do mantra busquei numa pesquisa na internet, no  Wikipédia, a enciclopédia livre.  Não importa qual seja a sua religião, suas crenças, neste momento tente desapegar de tudo, apenas deixe-se levar pela energia transformadora.





  • Om fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos deuses. O sofrimento do reino dos deuses surge da previsão da própria queda do reino dos deuses (isto é, de morrerem e renascerem em reinos inferiores). Este sofrimento vem do orgulho.
  • Ma fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos deuses guerreiros (sânsc. asuras). O sofrimento dos asuras é a briga constante. Este sofrimento vem da inveja.
  • Ni fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino humano. O sofrimento dos humanos é o nascimento, a doença, a velhice e a morte. Este sofrimento vem do desejo.
  • Pad fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino animal. O sofrimento dos animais é o da estupidez, da rapina de um sobre o outro, de ser morto pelos homens para obterem carne, peles, etc; e de ser morto pelas feras por dever. Este sofrimento vem da ignorância.
  • Me fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos fantasmas famintos (sânsc. pretas). O sofrimento dos fantasmas famintos é o da fome e o da sede. Este sofrimento vem da ganância.
  • Hum fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino do inferno. O sofrimento dos infernos é o calor e o frio. Este sofrimento vem da raiva ou do ódio
  •  Fonte: Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

domingo, 14 de fevereiro de 2016

PRATICANDO A MEDITAÇÃO - YOGANANDA




Mensagem do Maha Yogi Yogananda, canalização de Elisangelis

 Yaham Yaham Yaham
Yoham Yoham Yoham
Yeham Yeham Yeham

Mistis mouresti van hem

Mestres, a interiorização do espírito em vigília no corpo deve ser fortalecida através da prática constante da meditação.

A meditação que vos falo é aquela que os coloca diante de si.
Ponham-se com vocês e não temam, pois olhar para dentro exige mais prática e energia do que olhar para o outro.

E por essa razão que as diversões externas visuais, a exemplo dos cinemas e tvs fazem tanto sucesso na cultura atual.

O silêncio da alma permite a compreensão constante de quem são e dos dilemas que podem estar atrapalhando vossas caminhadas.

Todos vocês vêm à terra cientes de seus propósitos, e nem queiram dizer que não sabem o que o Criador espera de vocês, pois todos sabem apenas não se esforçam em descobrirem através do autoconhecimento o que de fato estão a fazer nesse Planeta.

Mas deixando-se de lado as limitações impostas pelo EGO, há uma força que os impulsiona sempre para frente e para o alto, é da Lei Divina, e por isso, vocês podem dar um grande salto se forem humildes em aceitarem o desafio de se autoconhecerem, vocês aceitam?


Yoham Yoham Yoham

Aqui vocês têm um dos nomes sagrados de deus!
Quando o chamam estão invocando vossos deuses internos, que possuem a chave para que despertem o vosso mestre interno
.

A alteração das vogais que precedem o nome de Deus, como no mantra inicial, apenas abrem chaves e dimensões mais distantes, eis que correspondem a freqüências diferentes.

E por que isso acontece, é o mistério do verbo.
No princípio havia o verbo e dele Tudo Ele fez.

Vocês também poderão fazer muito por vocês, se também aprenderem a usar o poder do verbo em benefício próprio e invocarem vossos deuses internos.

Aceitem que muito há por despertar, muito há por aprender, muito há por revelar, muito há por sentir e viver.

Não se limitem vocês se encontram no exercício de Maestria e saibam que é uma prática diária.


Mahayam Mahayam Mahayam

Shalom

Eu sou Maha Yogi Yogananda

sábado, 26 de dezembro de 2015

CONVERSANDO COM O ASTRÓLOGO


Valorizando ofício do Astrólogo


Em 1988 ocorreu uma grande guinada na minha vida, quando pela primeira vez chegou até minhas mãos dois livros de astrologia. O Manual de Astrologia de Sepharial da editora Nova Fronteira e O Horóscopo: Sua Viagem Astrológica de Alan Oken também da mesma editora e desde então nunca mais parei de dedicar um pouco do meu tempo ao estudo da Astrologia. Mesmo que eu carregue outras graduações, especializações e profissões, a astrologia será sempre a expressão máxima presente no meu ser. Gosto de estudar as pessoas, analisar comportamentos e entender os ciclos dos acontecimentos em suas vidas. Porém não pense que é uma tarefa fácil, se tornar um bom astrólogo, realizar atendimentos e fazer da astrologia o cargo chefe, e prover o próprio sustento.
Levantar um mapa natal e demais tipos de mapas, como o estudo da progressão e dos trânsitos hoje é bem mais fácil, graças aos programas profissionais, que dispensam de horas de cálculos, desenhos das casas, dos símbolos e etc. Porém a análise destes símbolos torna-se a essência deste saber. Isso a máquina alguma não pode fazer, pois cada cliente tem a sua essência única daí a razão de horas de estudos, cursos de aperfeiçoamentos e Networking entre astrólogos. Em média, 10 anos de estudo da astrologia, dos diversos autores e das linhas de pensamentos são essenciais para que nós possamos construir a nossa visão e filosofia de trabalho. Além do fato dos anos de experiência prática na profissão, que aumentam a cada dia a nossa compreensão da leitura ou análise do Mapa. O bom astrólogo deve saber escutar outro sem julgar e ter segurança no seu aconselhamento.
Por este motivo, eu não atendo consultas de astrologia gratuitamente, pois há custos diretos e indiretos envolvidos durante todo meu processo de formação e construção deste conhecimento. Tal como qualquer outra área do saber, o conhecimento muda, renova, eu tenho que estar reciclando. Recebo vários e-mails de pessoas pedindo ajuda como também não comento de astrologia quando estou no exercício de outra profissão. Também não exploro dos preços da minha consulta/ mapas e facilito as formas de pagamentos.
Oração eu posso doar, Reiki a distância e indicação de uso de floral.
Para este ano de 2016, mantenho a promoção por R$200,00  Mapa natal + Trânsitos do ano.( Análise do perfil e análise dos ciclos de mudanças pessoais no ano).

Enviado em PDF, por e-mail, após confirmação do pagamento.

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

CRISTAIS E A ASTROLOGIA

A astrologia coordena todas as ciências espirituais e subjaz a elas, ela poderia ser nosso ponto de partida sempre que pensássemos em analogias. Ao darmos a conhecer as propriedades essenciais das gemas, podemos começar apontando suas formas cristalinas, suas cores, seus efeitos sobre os seres humanos, etc. Mas tudo que descobrimos por esses meios sempre recairá naquilo que já sabemos das forças cósmicas. ( Uyldert, Mellie, 1972).
Doze são os planetas que giram ao redor do Sol. E na condição de humanos em estado evolucionário aqui na Terra, reagimos a cada uma destas forças, que simbolicamente são representadas através do nosso Mapa Natal. Cada planeta possui um campo de energia vibracional que interage com as energias do reino mineral.
O Planeta  Mercúrio interage com  o citrino, topázio e a safira de cor amarelo.
Vênus interage com o quartzo-rosa, safira azul, nefrita, esmeralda.
A Terra interage com a crisólita.
 Marte, interage melhor com o rubi, granada  e a pedra jaspe.
A energia de Júpiter interage melhor com as pedras; jacinto, topázio e coralina laranjada.
Saturno possui a energia ligada ao ônix negro, quartzo fumê e a turmalina negra.
Urano possui a sintonia com turquesa, malaquita, amazonita e a Sodalita.
Netuno mantém seu padrão vibracional associado às energias da ametista.
Plutão possui a energia em correspondência com a ágata de cor vermelho.
Sol tem correspondência direta com o cristal límpido, cristal de rocha.
A lua tem correspondência com a calcedônia, pedra- do-reino, e opala.
Para aproveitar as irradiações vibratórias contidas nas pedras deixe-as no ambiente interno do seu lar ( local de maior circulação de pessoas) e uma vez na semana execute a limpeza com água salina, e deixe-as  secar e carregar naturalmente na exposição a luz solar por alguns minutos.

O uso das perdas nas salas de cura ou onde se aplica o Reiki ajuda transformar as energias negativas em positivas.

domingo, 13 de setembro de 2015

SIGNOS E AS CORRESPONDÊNCIAS ANATÔMICAS

Da mesma forma que, para ciência oculta, tudo se corresponde no Universo por grandes cadeias astrológicas. O corpo humano também não escapa a esta regra, e cada órgão do corpo possui um signo do zodíaco correspondente. Essa correspondência é a chave dos temperamentos e da medicina astrológica, uma parte muito importante da medicina hermética. ( Papus,1895).
Papus classificou a doenças em três magnitudes: as do corpo que devem ser tratadas pela alopatia ( medicamentos) as da alma que podem ser tratadas com homeopatia, magnetismo ou mediante a processos herméticos e as doenças do espírito, estas curadas pela teurgia e preces.
Para Papus a natureza do homem evoluiria conforme o passar dos tempos. E que homem tem o poder de modificar o teu caminho evolucionário, tanto para o bem quanto para o mal, de acordo com as suas virtudes ou vícios.  O futuro mais suave ou penoso seria fruto da consequência dos seus atos. A inteligência ( Sabedoria e Ignorância), A Alma ( Virtude e Vício), O sentimento ( Amor e Ódio), O Corpo ( Prazer e Dor).


Signos do Zodíaco
Anatomia Correspondente
Áries
Região da cabeça e seus órgãos internos
Touro
Região do pescoço e a garganta.
Gêmeos
Região dos Ombros, braços e pulmões.
Câncer
Região do peitoral, seios e estomago.
Leão
Região do coração e as costas.
Virgem
Região da vesícula, baço,pâncreas e intestinos.
Libra
Região dos rins.
Escorpião
Região reprodutora ,ovário e testículos.
Sagitário
Região das coxas ( músculos).
Capricórnio
Região dos joelhos.
Aquário
Região das pernas e os tornozelos.
Peixes
Região dos pés.


sexta-feira, 11 de setembro de 2015

ANÁLISE DO TEMPERAMENTO ATRAVÉS DO MAPA NATAL


Por: Randler Michel

Para ajudá-los a reconhecer qual é o seu tipo de temperamento, a astrologia utiliza-se do estudo dos tradicionais elementos presentes no Mapa Natal. Estes elementos são dotados de peso, numa ordem no qual se estabelecem o total de 23 pontos:

Planetas e Área do Mapa 
 valor
Ascendente
4
Sol
3
Lua
3
Mercúrio
2
Vênus
2
Marte
2
Júpiter
2
Saturno
2
Urano
1
Netuno
1
Plutão
1

O cálculo do temperamento se faz somando os pontos dos planetas que estacionaram nos signos zodiacais e conforme seus respectivos elementos:

Elemento
Signos do Zodíaco
Temperamento
Fogo
Áries, Leão , Sagitário
Bilioso
Terra
Touro, Virgem, Capricórnio  
Nervoso
    Ar
Gêmeos, Libra , Aquário
Sanguíneo
Água
Câncer, Escorpião, Peixes
Linfático

Como exemplo irei analisar o seguinte Mapa Natal : 02 de Fevereiro de 1973 18:00  João Monlevade MG.


Signos de Fogo: Ascendente em Leão (4) Marte (2) Netuno (1)
Total:  7 pontos.
Signos de Terra: Vênus (2) , Júpiter (2)
Total: 4 pontos
Signos de Ar: Saturno (2), Plutão (1), Urano (1), Sol (3), Lua (3), Mercúrio (2)
Total: 12 Pontos
Signos de Água: Não há planetas nos signos de Água
Total: 0 pontos.
Neste exemplo há mais pontos nos signos de AR e Fogo, conclui-se pela soma 12 pontos nos signos de elemento AR, seguido de  7 pontos nos signos do elemento fogo. Correspondendo aos elementos  Ar- Fogo ou Fogo-Ar .
A partir desta soma pode-se agora analisar quanto às predisposições patológicas deste nativo; e as demais combinações abaixo:
Fogo- Ar (Bilioso- sanguíneo) predispõe forte tendência para o desenvolvimento da natureza hiperativa. Expõe a febres e problemas congestivos. Há forte tendência para desenvolver o estresse, estafar, a queimar as calorias e se desgastar mais rápido.
Fogo- Terra ( Bilioso- Nervoso) predispõe para o desenvolvimento da natureza mais ativa, perseverante, mas frequentemente inquieta, impaciente, o que terá portanto a necessidade de equilibra-se com hábitos alimentares de horário fixo e regular. Há necessidade maior de sentir-se amado e apreciado, ressentimentos podem atacar o corpo físico.

Fogo- Água (Bilioso-Linfático) predispõe a uma forma de alternância entre a hiperatividade e indolência.  Podem ser mais sensíveis nos órgãos; sistema linfático, o fígado, a vesícula e o pâncreas.  Há tendência para começar as coisas, projetos e desanimar e não terminá-los.
Terra- Ar ( Nervoso-sanguíneo)  predispõe boa dose de força de vontade, desejo de ajudar, ás vezes sob certa pressão quando há nenhum interesse envolvido. Sob tensão desenvolvem o nervosismo, alterações gastro intestinais, ressecamento de via áreas.
Ar- Água (Sanguíneo- linfático) predispõe alternâncias entre euforia e apatia. Empolga-se e desempolga num piscar de olhos. Cansa-se rápido, e com mínimo descanso,  recupera a sua energia vital.
Terra- Água ( Nervoso- linfático) predispõe a excessiva inquietação, preocupação com o trabalho, entrega-se completamente para executar as atividades que lhe são delegadas. Há muita imaginação, criação, que precisam ser desenvolvidas ajudam na saúde da pele e dos rins.
Saiba mais sobre os tipos de temperamentos à luz da astrologia, sugiro a leitura do texto da Quiron Astrologia em http://www.chiron.com.br/?p=477

Hipócrates (460-367 a.c), médico e filósofo grego, considerado o “Pai da Medicina Ocidental”  revelou-nos como origem. Até hoje, quando falamos em TEMPERAMENTO recorremos ao modelo hipocrático que se dividem em: LINFÁTICO, SANGÜÍNEO, BILIAR E NERVOSO.

Segundo a técnica da análise do temperamento pelo Mapa Natal a ausência ou carência de planetas, nos ( signos) trazem importantes revelações:

Carência em signos de fogo: podem revelar as dificuldades do funcionamento da vesícula biliar e do fígado, assimilação mais lenta destes órgãos e alterações patológicas.
Carência em signos de terra; podem revelar as alterações no sistema nervoso, propensão a fadiga,  as doenças do sistema nervoso.
Carência em signos de ar: podem revelar as alterações e problemas no sistema respiratório, circulatório. Facilidades de infecção e desenvolvimento de patologias e doenças nestes órgãos.
Carência em signos de água: podem revelar a predisposição à insônia e agitação doentia, alterações musculares, por não saber relaxar.


Saiba mais em: Astrologia Médica- A saúde e a doença reveladas no Mapa Natal  autoria da astróloga suiça Huguette Hirsig – Editora Caicá

Os Quatro Elementos e os Caminhos da Energia de Karen Hamaker –Zondag- Editora Nova Fronteira.

sábado, 5 de setembro de 2015

QUANDO E COMO A ALMA ENCARNA?


Não poderia deixar de responder esta pergunta de uma leitora tão especial!  Porém o tema é complexo e ao mesmo tempo nobre. Complexo porque lida com questões  de crenças religiosas e escolhi como resposta a teoria da reencarnação, que não é aceita totalmente aqui no ocidente. Nobre porque trata de questionamentos filosóficos existenciais: Quem somos, de onde viemos e para onde vamos? Poucos são os cientistas e pesquisadores que buscam estas respostas, posso citar a proeminente psiquiatra americana de origem suíça Elizabeth Kübler-Ross, renomada tanatóloga de maior projeção científica no mundo. Elizabeth pesquisou e descreveu as fases do processo da morte, também conhecido como desencarne. Porém elucida sobre visão de luz, de continuidade da alma. Sugiro a todos leitores o livro: Anatomia do Desencarne, de Cícero Marcos Teixeira, editora Kuarup.
Sobre o momento do nascimento busquei contextualizar à luz da sabedoria tibetana, rosacruz e do kardecismo.
Diferentes culturas acreditam que a alma ou espírito é quem escolhe o seu corpo físico, por meio da intenção ou atração, assim também escolhem quem serão seus pais. Segundo tradição milenar dos tibetanos registrada no Livro dos Mortos ( Bardo Thodol), escrito no século XIV, afirma que a consciência ou espírito desencarnado, devido o karma ( Isto é causa e efeito) gravita, por meio da intenção consciente ou da atração inconsciente em torno das energias geradas na união sexual dos seus futuros pais. Quando a ligação física causa a fecundação do óvulo, um lento processo de união se inicia entre a consciência desencarnada  (ou alma) e seu futuro corpo físico que está sendo gerado. A filosofia clássica e a medicina chinesa descrevem essa fusão biológica como a união de duas coisas: O QI e a essência (Jing) dos pais. O termo “essência “ refere-se à matriz biológica no interior do espermatozoide e do óvulo visíveis que determina o tipo de corpo herdado, incluindo o metabolismo, a vitalidade basal, o DNA e todas as demais qualidades físicas. Em contraste, o Qi – chamado de Qi original ( Yuan qi)—refere-se à singular força vital na linhagem ancestral do individuo na espécie humana em geral. O Qi original também transmite certas características coletivas de importância psicológica, tais como o conhecimento instintivo necessário à sobrevivência e alguns aspectos de nossa constituição emocional.
A alma desencarnada, carrega seu próprio padrão kármico, acabará por  animar e dar verdadeira vida a forma ao corpo material do feto em desenvolvimento. (  Arnie Lade, 1998).
Segundo a tradição oral e escrita da Antiga e Mística Ordem Rosacruz a alma  incorpora ao corpo físico no momento da sua primeira inspiração e deixa-o na última exalação. 
  A reencarnação é a volta da alma ou Espírito à vida corpórea, mas em outro corpo especialmente formado para ele e que nada tem de comum com o antigo.”  ("Evangelho Segundo o Espiritismo" - 106a Ed. - Cap. IV - Nascer de Novo - Item 4 - Pág. 84.  Portanto conclui-se que a reencarnação é momento do nascimento. 
Segundo o kardecismo — A união começa na concepção, mas não se completa senão no momento do nascimento. Desde o momento da concepção, o Espírito designado para tomar determinado corpo a ele se liga por um laço fluídico, que se vai encurtando cada vez mais, até o instante em que a criança vem à luz; o grito que então se escapa de seus lábios anuncia que a criança entrou para o número dos vivos e dos servos de Deus.
Elucidando a pergunta, entende-se que; é a alma quem decide quando  irá reencarnar e escolhe o seu corpo físico, seus pais e sua família.  Do contrário que pensam muitos, a alma que necessita de um corpo físico para sua proteção e dar sequencia a sua evolução moral, intelectual e espiritual.

Para nós Astrólogos o momento do nascimento é um instante único, imantando de vibrações cósmicas com padrões de energias sutis. O Mapa Natal, vulgo “Mapa Astral’’  trata-se do registro deste instante do nascimento e diz muito sobre a energia do nativo. Em Eclesiastes 3.1 diz: Há tempo de nascer e tempo de morrer.

sábado, 11 de julho de 2015

Reflexão : Expansão da Consciência

Vejo o quanto o mundo poderia ser bem melhor se as pessoas acreditassem mais no seu poder interior de cura e de transformação. Nestes novos tempos dão-se valor de mais a energia do dinheiro e do poder de compra. Juntam-se mais e mais bens materiais e acreditam que a felicidade é o ter, e não o ser. Há um enorme vazio existencial, talvez uma espécie de buraco negro na alma.  Mentes vazias e corações travados por sentimentos de ódio e vingança.  A realidade é que a fome, a pobreza, o terrorismo, as guerras e os conflitos estão por todos os cantos e a cada dia a tão sonhada paz profunda parece estar mais e mais distante do coração e da personalidade-alma que compõe o homem.
Não há mais respeito aos pais, aos mestres ou reverências às divindades; quebraram-se os valores morais, espirituais e culturais.  Aumentou a descrença do homem no poder de Deus.  Há preconceito e intolerância de todas as espécies. Quanto vale uma vida? Será que homem “moderno” consegue ouvir a voz do Deus?
Seria este o preço da evolução material? Ou teria o homem apenas evoluído tecnologicamente deixando de lado a evolução de sua própria consciência?
O homem para ser pleno precisa harmonizar-se com a natureza, e buscar evoluir a sua consciência; precisa abrandar o coração, reaprender a cada dia amar e a perdoar. Precisa tomar consciência que este plano é apenas uma passagem necessária para o seu aprimoramento moral e espiritual.
E como passagem, não devemos aqui fixar residência. Apenas deixarmos  que o fluxo das energias fluam. 


Quanto amor você é capaz de sentir ? É possível amar a si mesmo e não menosprezar o teu próximo?

Imagem Ilustrativa da Web